Afinal, o que é KDE, GNOME, XFCE, LXDE?

Alguns novatos podem se perguntar: “O que diabos é KDE/GNOME/XFCE/FluxBox/OpenBox/WindowMaker/…?” Aí obtém como resposta: “É uma interface gráfica.”

Bom, antes, vamos dizer que quase todos os sistemas operacionais (nem todos, só os que tem visuais né?) tem interface gráfica. O Windows XP tem uma interface gráfica, mas quase nunca ouvimos falar dela porque “é menos importante”. Chama-se Luna. Interface gráfica é tudo aquilo que controla o visual do seu sistema operacional (me corrijam se eu estiver errado). Sem ela, acho que seu sistema seria uma tela preta tendo que digitar comandos.

GNOME, KDE, XFCE, LXDE, FluxBox, OpenBox e afins são interfaces gráficas. Vou falar das mais conhecidas e mais usadas:

GNOME: é escrito com base em GTK+. GTK+ é toolkit multiplataforma para criação de interfaces gráficas, originalmente desenvolvido para o GIMP. (Fonte: Wikipédia) É lançada uma nova versão a cada 6 meses. (o mesmo ciclo do Ubuntu, porém, o GNOME lança uma versão um mês antes do Ubuntu. Ou seja, se o Ubuntu 10.04 vai lançar em Abril, a versão 2.30 do GNOME é lançada em Março.)

KDE: escrita com base em QT. QT é um sistema multiplataforma para o desenvolvimento de programas de interface gráfica. Por isso tem um visual estrondosamente diferente do GNOME, e é bem estiloso.

XFCE: escrito também com base em GTK+! É uma interface muito leve mesmo, rodando em PCs com 192 MB de RAM. Lembra o GNOME, mas é mais leve.

LXDE: Também escrita em GTK+. Mas é muito mais leve que o XFCE. É feito para rodar em PCs antigos também.

FluxBox: Escrita em C++ (não sei se é baseada em GTK+ ou QT) e é bastante leve. Ela é leve o bastante para rodar em um 486DX com 16 MB de memória RAM.

OpenBox: Escrito em C. Projetado para ser leve e rápido.

//Qualquer coisa que queiram incrementar nesse texto é só comentar!//

Anúncios

23 comentários sobre “Afinal, o que é KDE, GNOME, XFCE, LXDE?

  1. Pingback: Guia do Iniciante em Ubuntu – Afinal, o que é Unity? « Livre Linux

  2. Realmente, esse texto ajuda bastante quando tenho que escolher um linux para diferentes tipos de maquina, assim eu sei o que vai pesa e o que não vai.
    VLW

  3. Pingback: Coisas que você deve saber sobre o Linux « Livre Linux

  4. Pingback: Ferramentas de produção no Linux « Livre Linux

  5. Pingback: Distribuições Linux: Chackra - Conheça o poder do Arch Linux

  6. Excelente texto, muito bom e bem explicado. Atualmente uso o Ubuntu 12.04, e tomei uma decisão drástica, eliminei por completo o Unity 3D e 2D, agora o sistema esta com XFCE, LXDE. Agora o Ubuntu esta com cara de sistema operacional, leve rápido e seguro, coisa que com KDE ou gnome é impossivel.

  7. Pingback: Unity 8 e o novo Mir | Livre Linux

  8. Pingback: Finalmente testando o GNOME-Shell | Livre Linux

  9. Pingback: Afinal, o que é KDE, GNOME, XFCE, LXDE? (II) | Livre Linux

    • Sim, absolutamente. Elas podem ser instaladas e retiradas a qualquer momento, dependendo de sua vontade. Algumas distros possuem interfaces específicas pré-instaladas pra evitar que você tenha de instalá-la, mas você pode instalar várias e utilizar a que quiser a qualquer momento.

  10. FluxBox, OpenBox, WindowMaker, e outras usam apenas X11, não dispões de Gtk+,Qt,Wx ou ClanLib, por isso que quer uma aparencia bem simples comparada com as outras citadas.

  11. Olá a todos, estou precisando rodar um programa de análise gráfica em dois pcs diferentes em rede, e cada pc rodando duas telas estendidas, no momento estou esbarrando na ideia por cada pc comportar um mouse, essa é difícil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s