Código Aberto x Software Livre

No mundo Linux, muito se fala sobre programas de código aberto (em inglês: open source). O próprio Linux é um deles. Mas afinal, o que significa código aberto?

Esta denominação foi criada pela OSI (Open Source Initiative (Iniciativa Código Aberto)) e também refere-se aos softwares livres.

Mas não necessariamente código aberto ou opensource significam a mesma coisa.

Para um programa ser de código aberto ele precisa:

  • Ter o código fonte disponível (Código fonte de um programa é como se fosse a receita do programa. É todo aquele conjunto de arquivos de códigos que foram feitos para fazer o programa funcionar.)
  • Distribuição livre e gratuita
  • Permitir derivações do trabalho
  • A licença do programa não pode discriminar pessoas ou grupos, nem países, nem restringir outros programas e nem favorecer a uma tecnologia.

Em suma, um programa de código aberto precisa ter seu código fonte disponível para que outras pessoas possam baixá-lo e estudá-lo, ser gratuito e de livre distribuição. Estas são as principais características deste tipo de software.

Apesar de um Software Livre ser também um programa de código aberto, ele também entra em questões éticas e permite que o programa seja pago. O Software livre garante apenas 4 liberdades, segundo a Free Software Foundation (Fundação do Software Livre):

  1. Liberdade de executar o programa para qualquer propósito;
  2. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades;
  3. A liberdade de redistribuir cópias do programa de modo que você possa ajudar ao seu próximo;
  4. A liberdade de modificar o programa e distribuir estas modificações, de modo que toda a comunidade se beneficie;

Muito se confunde Software Livre com Software Gratuito, mas isso não é realmente verdade. Para um software ser considerado Software Livre ele precisa apenas ter o código fonte disponível, mas isso não quer dizer que eu não possa cobrar pelo código fonte do programa e nem pelo programa em si.

O Debian, por exemplo, tem seu código disponível na internet e o sistema também disponível também na internet, mas sua licença, a GPL, não impede que ele possa ser vendido também…

 

2 comentários sobre “Código Aberto x Software Livre

  1. Pingback: Coisas que você deve saber sobre o Linux « Livre Linux

  2. Pingback: Afinal, o que é KDE, GNOME, XFCE, LXDE? (II) | Livre Linux

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s